Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Ordem do Centrão

Bolsonaro perde os anéis, mexe na equipe e fica com os dedos

Publicado

Foto/Imagem:
Pretta Abreu

Vem aí uma pequena mas importante reforma ministerial. As principais mudanças serão no Palácio do Planalto. Onyx Lorenzoni voltará para a Esplanada, assumindo o Ministério do Trabalho, que será recriado. Sua cadeira será ocupada pelo general Luiz Eduardo Ramos, que deixa a Casa Civil. E para essa mesma Casa Civil irá o senador Ciro Nogueira, todo-poderoso comandante do Centrão, agrupamento de legendas de aluguel que pressiona o presidente a ceder, ceder, ceder… Bolsonaro só não acertou as mudanças em duas frentes: com Paulo Guedes, que perdendo o Trabalho, verá seu superministério ainda mais esvaziado. E com o comando da CPI do Genocídio, que já começou a mirar o senador piauiense.

Publicidade
Publicidade