Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mulher

Bonecas sexuais viram modelos de ‘pessoas reais’

Carolina Paiva, Edição

A crescente indústria de bonecas sexuais testemunhou agora o surgimento de uma nova tendência entre seus clientes, já que um número cada vez maior de pessoas favorece um tipo específico de produto, segundo o Daily Star.

De acordo com o jornal, a demanda por “modelos inspirados em celebridades” parece ter caído à medida que mais e mais compradores começaram a pedir bonecas que lembram pessoas que conhecem na vida cotidiana.

“Nós recebemos clientes que perguntam sobre bonecas de celebridades, embora não sejam tão populares quanto você pode pensar”, disse um especialista em produtos da Silicon Sex World. “Recebemos alguns pedidos estranhos por bonecas, como bonecas que parecem namoradas de amigos.”

Uma proprietária de uma loja de adultos localizada perto de Birmingham observou que ela notava uma crescente demanda por bonecas que pareciam “pessoas comuns”, acrescentando que “em termos de personalização, é qualquer coisa – celebridade, cônjuge morto ou alguém de quem você gosta.”

“Isso realmente varia, você faz as pessoas pedirem uma Kim Kardashian, ou uma garota na casa ao lado. É muito diferente do outro lado da linha”, disse ela.

Ela também revelou que geralmente é preciso apenas uma foto da pessoa em questão para fazer uma boneca de amor parecida com ela, embora por uma quantia de cerca de 4 mil euros (cerca de 20 mil reais) os designers “pedem detalhes sobre a personalidade da inspiração”.

Anteriormente, a autora de uma petição pedindo a proibição de importações de bonecas sexuais em tamanho real para a Coréia do Sul também expressou preocupação de que as bonecas pudessem ser personalizadas para criar cópias de pessoas reais.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente