Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Bizu

Brasil quer ampliar negócios com os asiáticos

Pretta Abreu

Uma visita à Ásia, de olho nos mercados japonês e chinês, principalmente, que Jair Bolsonaro fará a partir da próxima semana, deve estreitar ainda mais as relações comerciais com aqueles países. O presidente quer dar uma sinalização para o mundo de que o Brasil está comprometido com a abertura econômica, com o ambiente de negócios e com o programa de reformas. Juntos, Japão e China têm um estoque de US$ 100 bilhões em investimentos no Brasil. A Ásia lidera as exportações e importações brasileiras. Só nos primeiros nove meses de 2019, 40% das exportações brasileiras foram destinadas à região, ao mesmo tempo em que 33% das importações brasileiras vieram de lá.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente