Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mais de 20 mil

Brasileiros presos por entrada ilegal nos EUA

Publicado

Foto/Imagem:
Antônio Albuquerque, Edição

Apenas nos cinco primeiros meses deste ano, 21,9 mil brasileiros foram detidos pelas autoridades americanas após cruzar ilegalmente a fronteira do México com os Estados Unidos.

O número de 2021, ainda parcial, já é o maior da série histórica iniciada em 2007, de acordo com os dados do órgão de Alfândega e Proteção de Fronteiras dos Estados Unidos.

O volume atual de brasileiros na rota migratória irregular supera, inclusive, a alta de 2019, quando 18 mil deles entraram irregularmente no país, o que justificou a decisão do então presidente americano, o republicano Donald Trump, de incluir os cidadãos do Brasil em um processo de deportação sumária, algo que não ocorria há décadas.

Agora, o país é a oitava nação a mais enviar imigrantes irregulares aos EUA no mundo, à frente de países como a Venezuela e a Colômbia, por exemplo, e em patamar semelhante ao de Cuba. Para se ter ideia do tamanho desse fluxo, é como se os agentes de migração dos EUA encontrassem, em média, 150 brasileiros por dia tentando acessar o país a pé.

“Estamos testemunhando um dramático aumento da quantidade de brasileiros tentando acesso aos EUA pela fronteira com o México. Eles representam 5% de todas as detenções feitas em abril de 2021, por exemplo. E 60% deles estão em famílias completas, o que sugere ser um movimento de mudança definitiva de país”, afirma Paul J. Angelo, especialista em migração e América Latina do Council on Foreign Relations. Há 10 anos, em 2011, apenas 472 brasileiros foram detidos na mesma condição.

Publicidade
Publicidade