Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Veículos

Bugatti esportivo quebra recorde a 300 por hora

Mário Camargo, Edição

Um Bugatti Chiron modificado garantiu seu lugar como o supercarro mais rápido do mercado, de acordo com um anúncio e filmagens da série de televisão britânica “Top Gear”. O teste de recorde, realizado na pista de Ehra-Lessien do Grupo Volkswagen na Alemanha, foi dirigido pelo piloto Andy Wallace. Ele alcançou a velocidade de 304 quilômetros por hora.

“O maior desafio é acertar o pacote geral – não apenas no design, não apenas na aerodinâmica, no motor e nos pneus”, disse Frank Heyl, da Bugatti. “É para reunir tudo e trabalhar em um carro”.

O fabricante italiano de chassis Dallara Automobili foi encarregado de construir o corpo e o kit aerodinâmico do Chiron. A Outlet Car and Driver informou que a Michelin construiu um conjunto de pneus especiais “Michelin Pilot Cup 2”, capazes de girar até 4.100 vezes por minuto. Para garantir sua confiabilidade durante o teste, os pneus foram radiografados momentos antes de serem usados.

Várias modificações foram feitas no veículo, incluindo a remoção do assento do passageiro, a implementação de uma gaiola de proteção e a instalação de sistemas de computador. O motor, com o nome de Thor, é uma unidade W16 de 8 litros e quad-turbo.

A ideia de quebrar 300 mph era um tanto mítica, já que o Koenigsegg Agera RS só conseguia atingir uma velocidade máxima de 274,55 quilômetros por hora.

“A Bugatti mostrou mais uma vez do que é capaz. Com este novo recorde do Quíron, entramos novamente em território desconhecido. Nunca antes um fabricante de série alcançou essa alta velocidade”, disse o presidente da Bugatti , Stephan Winkelmann. “Nosso objetivo era ser o primeiro fabricante a atingir a marca mágica de 300 mph. Agora conseguimos isso – deixando a nós mesmos, toda a equipe, incrivelmente orgulhosos. ”

Embora não esteja claro se a Bugatti reproduzirá esse veículo em particular, estima-se que a empresa comercializará uma “versão Super Sport” do Chiron em um futuro próximo. No entanto, os interessados ​​em comprar o supercarro terão que ter uma conta bancária recheada de dólares. Até porque, a versão padrão do Chiron 2019 custa 2 milhões 998 mil ‘verdinhas’ – o equivalente 12 milhões de reais.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente