Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Cara nova

C3 deixa de ser uma ‘bolinha’ para virar mini SUV

Publicado

Foto/Imagem:
Malu Oliveira/Com Imprensa Citroën - Foto/Divulgação

A Citroën vai apresentar ao mundo na quarta-feira, 16, o seu novo compacto para mercados emergentes, como o Brasil. Trata-se do novo C3, porém com outra silhueta. O hatch renascerá como um pequeno SUV urbano. Assim, será posicionado abaixo do atual C4 Cactus, que é o único Citroën à venda no mercado brasileiro atualmente.

O novo C3 é o principal lançamento para os mercados asiáticos, como o indiano, e também para o Brasil e a América do Sul. Ea marca pretende resgatar um mercado onde já foi dominantye.

O carro, que deixa a ideia de uma bolinha de lado, vem para vender volume. Nos planos da marca, há a expectativa de tornar seu SUV de entrada um dos modelos mais vendidos dentre os utilitários menores. Hoje, essa categoria ainda é representada por hatches aventureiros, como Hyundai HB20X e Renault Stepway. Portanto, o novo Citroën C3 vem reinventar esse segmento, que tende a sucumbir ao avanço dos SUVs nos próximos anos.

O estilo da dianteira é inspirado no C3 Aircross europeu, que estreou no começo deste ano. Na dianteira, os faróis se unem à grade do duplo chevron e, dessa forma, dividem-se em dois nichos nas extremidades. Os de cima trazem a iluminação diurna de LEDs, e os de baixo, os faróis principais. Há ainda as luzes de neblina no para-choque.

O novo desenho faz a dianteira parecer robusta e alta. Essa sensação continua pelas laterais, com uma linha de cintura elevada. As colunas traseiras mais grossas realçam o tônus, e reforçam o aspecto de SUV. Atrás, as lanternas serão pequenas e também em posição elevada. Dessa forma, o compacto terá um balanço bem menor que o do C4 Cactus.

Além da suspensão mais elevada, o novo Citroën C3 terá os airbumps, aqueles apliques na saia das portas. Inclusive, visto de perfil, o modelo lembrará um pouco o SUV maior, exceto pela traseira mais curta. Por padrão, deverá ter, no máximo, 3,99 metros.

Publicidade
Publicidade