Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Veículos

Camaro vem acelerando fundo com cara nova

Foto/Divulgação
Mário Camargo, Edição

Aquela história de que a o consumidor tem sempre razão prevaleceu na Chevrolet. Pouco mais de um ano após o lançamento do novo Camaro, a marca já apresentou uma mudança no visual do modelo como linha 2020. Isso tudo porque o consumidor não gostou.

“O consumidor reclamou e nós ouvimos”, disse Steve Majoros, diretor da divisão de carros de passeio da Chevrolet. Segundo Majoros, o design adotado agora foi apresentado no conceito “Shock Show” no Sema Show, no ano passado.

A principal mudança no Camaro 2020 é a adoção de uma barra na cor da carroceria entre as grade superior e inferior. Na linha 2019, o modelo havia adotado uma barra preta que mesclava com as grades e na qual estava localizada a gravatinha da GM. Agora, a gravata subiu para a grade superior.

Isso, claro, é apenas para a versão SS, que tem motor V8 e visual diferenciado. As versões V6 e mais baratas na linha 2019 já tinham uma frente com essa barra central colorida e para-choque menos agressivos, com menos detalhes.

Além disso, o Camaro 2020 chega com uma versão mais barata equipada com o motor V8, a LT1. Ela traz o visual e os equipamentos do Camaro LT, que é a versão com motor V6, mas com o V8 de 455 cv com câmbio manual de seis marchas ou automático de dez.

O Camaro LT1 traz o capô com entradas de ar do SS, logos com o nome da versão nos painéis laterais e rodas de 20 polegadas com o mesmo desenho da versão SS. Há ainda um pacote com central multimídia com tela de 8 polegadas e sistema de som Bose.

A novidade para as versões equipadas com o motor V6 3.6 de 335 cv é a adoção da transmissão automática de dez marchas que já estava disponível para o V8. E que foi desenvolvida em parceria com a Ford e por isso também equipa o Mustang.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente