Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Veículos

Carrão aqui, Jetta vira popular entre chineses

Foto/Divulgação
Mário Camargo

No Brasil, Jetta é o nome do sedã que está em sua terceira geração no País, e tem preço sugerido inicial de R$ 100 mil. Ele concorre com Corolla, Civic e Cruze e, para os padrões nacionais, é considerado um modelo premium – até por ter versões que, com opcionais, ultrapassam R$ 120 mil.

Na China, Jetta passará a ser o nome de uma nova marca da Volkswagen. Ela, no entanto, não terá nada de sofisticada. Pelo contrário: será de baixo custo.

A nova marca foi apresentada no Salão de Xangai (China), que termina na semana que vem. Vai estrear no último trimestre do ano. A empresa vai fabricar três modelos. Serão dois SUVs e um sedã.

A Jetta foi criada como marca por causa do sucesso do sedã de mesmo nome no mercado chinês. O três-volumes sempre foi um dos modelos mais populares da Volkswagen no país asiático.

Eles serão produzidos pela FAW-Volkswagen. FAW é a empresa chinesa a qual a alemã é associada para produzir modelos no país asiático.

A marca Jetta começará sua operação com cerca de 200 concessionárias. Haverá pontos de vendas em importantes shoppings de cidades da China, e também possibilidade de fechar negócio online.

O sedã médio da nova marca é um Jetta com nova identidade visual. Os SUVs também são baseados em modelos já existentes na linha das marcas do Grupo Volkswagen.

Um deles é compacto e baseado no Seat Ateca, que usa a mesma plataforma do Golf. O outro é um utilitário-esportivo de porte grande, e também deriva de um modelo da marca espanhola do Grupo Volkswagen, o Tarraco.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente