Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mundo

Casos de Covid passam de 20 mi nos Estados Unidos

Anurag Maan e Kavya B em Bengaluru - Reuters/Via ABr

Os casos de coronavírus nos Estados Unidos ultrapassaram a marca de 20 milhões na sexta-feira, 1, ao mesmo tempo em que as autoridades buscam acelerar a vacinação e uma variante mais infecciosa atinge os Estados do Colorado, Califórnia e Flórida.

Os Estados Unidos registraram um aumento no número de mortes diárias de COVID-19 desde o Dia de Ação de Graças, com 78 mil vidas perdidas em dezembro. O total de mortes por Covid-19 chega a 345 mil, ou um em cada 950 residentes nos EUA, desde que o vírus apareceu pela primeira vez na China no final de 2019.

Para diminuir o número de mortos, o senador Mitt Romney na sexta-feira fez um apelo para que o governo federal recrute veterinários e médicos de combate para distribuir vacinas contra o coronavírus.

A taxa de novas infecções por Covid-19 nos EUA aumentou na segunda metade do ano passado. Uma análise dos dados da Reuters mostra que levou 200 dias para se chegar aos primeiros 5 milhões de casos, 93 dias para ir de 5 milhões para 10 milhões, 31 dias de 10 milhões para 15 milhões de casos e apenas 25 dias para ir de 15 milhões para 20 milhões de casos.

A Califórnia tem o maior número de casos de todos os Estados, com cerca de 2,28 milhões de infecções, seguida pelo Texas com 1,76 milhão de casos e a Flórida com 1,32 milhão de casos.

Os Estados Unidos está registrando uma média de 186.000 casos por dia, abaixo de um pico em meados de dezembro de mais de 218.000 novas infecções por dia. Autoridades de saúde alertaram que os casos provavelmente aumentarão novamente após as festas de Natal e Ano Novo.

Atualmente, existem mais de 125.000 pacientes COVID-19 em hospitais dos EUA, um aumento de 25% no último mês.

Embora os Estados Unidos tenham aprovado duas vacinas, a implantação está ocorrendo mais lentamente do que o governo esperava. Cerca de 2,8 milhões de norte-americanos receberam uma vacina contra Covid-19 até 31 de dezembro, ficando muito aquém da meta de 20 milhões no período.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente