Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Povo paga negócios de Ibaneis

CEB/Neoenergia entra na mira por cobrar conta de luz abusiva

Publicado

Foto/Imagem:
Alex Rodrigues/Via ABr - Foto Marcelo Casal Jr

A Secretaria Nacional do Consumidor, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, notificou 75 empresas concessionárias de energia elétrica a comprovarem que as faturas enviadas aos consumidores contêm informações claras sobre os valores cobrados. A Senacon entende que as contas ficaram muito altas após privatizações. Entre elas está a CEB, vendida pelo governador Ibaneis Rocha (MDB) à Neoenergia

Notificadas, as empresas têm até 5 dias para responder, apresentando um modelo da fatura. Se não fornecerem as informações requisitadas, comprovando a adequação das contas, as concessionárias poderão responder a processos administrativos e, se condenadas, receber multas individuais de até R$ 13 milhões.

Em nota, a Senacon disse que a iniciativa busca apurar se as contas de energia descrevem corretamente os valores de tarifas, impostos, contribuições, adicionais cobrados quando aplicadas as bandeiras tarifárias, dentre outras informações essenciais à compreensão da fatura pelo consumidor. E também se há a discriminação correta dos valores relativos à energia, tarifa de uso do sistema de distribuição (Tusd), tarifa de uso do sistema de transmissão (Tust), e as tributações incidentes.

Publicidade
Publicidade