Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Bizu

Celso dá adeus ao Supremo de cabeça erguida

Pretta Abreu

Celso de Mello reafirmou nesta quinta,8, voto favorável ao depoimento presencial de Jair Bolsonaro no inquérito que apura a suposta interferência política na Polícia Federal e o crime de denunciação caluniosa por parte do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro. Em manifestações divulgadas desde a abertura do inquérito, o presidente diz que não houve pedido para o então ministro interferir em investigações da PF. Após o voto do Celso, seu último como ministro do Supremo, a votação foi suspensa então há data para ser retomada.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente