Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


2022

Centro e centro-esquerda começam a acenar para Moro

Publicado

Foto/Imagem:
Pretta Abreu - Foto Marcelo Camargo

Políticos de centro-direita e centro-esquerda antes alinhadas com o bolsonarismo já admitem apoiar Sérgio Moro como o nome da terceira via para disputar o Palácio do Planalto no próximo ano. Embora o ex-juiz da Lava Jato indique que uma eventual candidatura será definida somente em novembro, seu nome fica cada vez mais forte. ACM Neto, por exemplo, sugere que como a ética, o combate à corrupção e a defesa da moralidade devem estar sempre na ordem do dia. São ingredientes fundamentais para que o Brasil e os brasileiros possam caminhar sempre em harmonia, pontua o ainda presidente do DEM, em processo de fusão com o PSL. Já João Doria afirma que o momento é de unir forças para derrotar Lula ou Bolsonaro. Se for Moro, com Mandetta de vice, diz o tucano, ele mesmo renunciaria à sua pré-candidatura para ver um projeto nacional se concretizar.

Publicidade
Publicidade