Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasil

China abre mais portas para a carne brasileira

Bartô Granja, Edição

Os negócios entre o Brasil e a China – amplamente favoráveis para o mercado brasileiro – vão dar um novo salto com a decisão de Pequim de credenciar 25 novos frigoríficos para exportação de carne para aquele país.

Na balança comercial, de junho de 2018 a julho de 2019, nós importamos 20 bilhões de dólares e exportamos 35 bilhões de dólares, em números redondos. Nosso saldo é de cerca de 15 bilhões de dólares.

Com a habilitação dos novos frigoríficos, o número de exportadores de carne passa dos atuais 64 para 89. Na lista estão carne bovina, frango, porco e asinino.

As negociações para ampliar o mercado form conduzidas pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina, em recente visita àquele país asiático. Com o sinal verde de Pequim, novos lotes começam a ser embarcados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente