Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Fera híbrida

Chineses acham restos de mistura de ave com dinossauro

Publicado

Foto/Imagem:
Egor Shapovalov/Via Sputniknews - Foto Reprodução

Um grupo de cientistas liderados pelo paleontólogo Zhou Zhonghe, da Academia Chinesa de Ciências, encontrou uma nova espécie animal no norte da China que tem o corpo de um pássaro e o crânio de um dinossauro. Ele viveu há aproximadamente 120 milhões de anos, durante o período Cretáceo.

Segundo os cientistas, essa espécie estava entre o Archaeopteryx, semelhante a um lagarto, que ainda se assemelha fortemente a um dinossauro predador, e o Ornithothoraces, que já inclui pássaros no sentido geral da palavra. A espécie foi nomeada Cratonavis zhui.

Ao realizar uma tomografia computadorizada do crânio do Cratonavis, os pesquisadores descobriram que morfologicamente era quase idêntico ao crânio de um dinossauro predador, como o tiranossauro.

“As características cranianas primitivas falam do fato de que a maioria das aves do Cretáceo, como Cratonavis, não podiam mover seu bico superior independentemente em relação à caixa craniana e à mandíbula inferior, uma inovação funcional amplamente distribuída entre as aves vivas que contribui para sua enorme diversidade ecológica”, diz paleontólogo Zhiheng Li.

Quanto à estrutura do corpo, o Cratonavis não era muito diferente do pardal moderno. A julgar pela estrutura da escápula muito longa, ela podia voar, e a própria escápula compensava a ausência de um esterno, adaptado para fornecer aos músculos peitorais uma grande superfície de fixação. Os membros posteriores, por outro lado, foram adaptados para agarrar presas com garras e sentar em galhos em vez de se mover no chão.

Os cientistas acreditam que essa mistura de características foi ditada por vários estímulos ambientais durante o período em que a biodiversidade estava se desenvolvendo ativamente. A descoberta em si ajudará a entender melhor o processo evolutivo dos ancestrais dos pássaros modernos.

Publicidade
Publicidade