Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Veículos

Citroën surpreende e mostra C4 crossover

Mário Camargo, Edição

A Citroën antecipou o lançamento da nova geração do C4 na Europa. Inicialmente programada para o fim de junho, a terceira geração do hatch apareceu em imagens oficiais antes da hora. O modelo revelado mostra mudanças importantes na linha C4. Agora, ele tem jeitão de crossover, com caimento suave na traseira e linhas agressivas.

O modelo terá versões com motor a gasolina, diesel e elétrico, como o Peugeot 208. Ainda não há informações técnicas sobre o modelo. No entanto, deverá usar motores já conhecidos do grupo PSA. Entre eles os 1.2 turbo a gasolina com cerca de 130 cv.

O novo C4 também deve unificar as linhas do hatch e do C4 Cactus. O modelo fez grande sucesso na Europa e acabou deixando o C4 “normal” em segundo plano. O novo modelo traz do Cactus altura maior do posto de condução, bem como o visual chamativo.

As linhas, aliás, chamam atenção. O modelo tem linha de cintura alta e um teto com caimento mais suave na traseira, com uma terceira janela triangular no fim da lateral. Atrás, a traseira é alta, lembrando um Chevrolet Volt, com as partes de plástico preto brilhante.

A cabine é uma evolução dos Citroën europeus mais recentes. Há painel virtual e uma grande tela central. Ela concentra várias funções do carro. O ar-condicionado, que ficava integrado ao sistema, ganha bem-vindos comandos dedicados abaixo do conjunto. O câmbio passa a ser operado por um botão no console central.

É pouco provável que o novo modelo chegue ao Brasil. Por aqui, a PSA prepara o lançamento do novo Peugeot 208 e deve focar em SUVs compactos. A Citroën tem no C4 Cactus seu modelo mais vendido, e o modelo deverá continuar sendo o carro chefe da marca mesmo após seu fim na Europa.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente