Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasília

Clima morno da Câmara esquenta com debate sobre disputa eleitoral



Entre os vários assuntos tratados pelos deputados distritais nesta quinta-feira (8), na sessão ordinária da Câmara Legislativa, os temas mais políticos ganharam destaque. Foram feitos pronunciamentos sobre o cenário político do DF, o papel da oposição e o panorama nacional.

A deputada Eliana Pedrosa (PPS), por exemplo, defendeu o papel da oposição, rebatendo declaração anterior da líder do governo na Casa, deputada Arlete Sampaio (PT), que criticou o movimento que tenta colocar a pecha de incompetência no GDF, desconsiderando as mudanças que estão acontecendo.

Para Pedrosa, a oposição é fundamental para a fiscalização do governo e para a reivindicação das melhorias que a população deseja. “A oposição é a voz que chama ao juízo, à razão e não deixa o dinheiro público ir para o ralo”, assinalou a distrital.

G5 – O deputado Olair Francisco (PTdoB) disse que o cenário político do DF está começando a ser definido e voltou a defender mais espaço para o chamado G5. Segundo o deputado, o grupo se reuniu ontem e definiu como metas eleger deputados distritais e federais e conquistar a vaga ao Senado na chapa majoritária liderada pelo PT e PMDB. O G5 é composto pelos seguintes partidos: PEN, PTC, PTdoB, PHS e PRP.

Inflação – Já o deputado Chico Vigilante (PT) criticou o esforço feito pela TV Globo para falar do aumento da inflação. Segundo ele, reportagem veiculada hoje apontou o tomate, a farinha de trigo e a vagem. “Não me lembro de ter comido vagem mais de seis vezes em toda a minha vida. Como é que a vagem pode influenciar a inflação?”, questionou.

Vigilante comparou o poder de compra do salário mínimo durante o governo de Fernando Henrique Cardoso (FHC) e os dias atuais, ressaltando a melhoria para os trabalhadores. “Está na hora de apostar no Brasil e não ficar tentando destruir o que está sendo feito”, condenou.

O deputado Alírio Neto (PEN) reforçou as críticas ao governo FHC, a quem classificou como “o maior desastre da história do Brasil”.

Reivindicações – O deputado Agaciel Maia (PTC) usou seu horário na tribuna para apresentar reivindicações de comunidades de várias cidades. Ele defendeu, entre outras questões, a construção de um ginásio poliesportivo no Varjão, de uma rodoviária na Estrutural e de um viaduto na saída do Recanto das Emas.

Luís Cláudio Alves

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente