Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Longa briga

CNI bate nas portas do Supremo contra tabela dos fretes

Publicado

Foto/Imagem:
Sandra Manfrini

A CNI decidiu ir ao Supremo contra o tabelamento do frete para transporte rodoviário de cargas. Em nota, a entidade diz que ingressará nos próximos dias com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI). “O tabelamento é insustentável, porque provoca prejuízos extremamente danosos para a economia, especialmente para o setor produtivo, e para a população”, afirma, em nota, o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade. Ele destaca ainda que a fixação de preços mínimos infringe o princípio da livre-iniciativa e é ineficaz.

Publicidade
Publicidade