Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasília

Comércio adota onda otimista e espera vender mais no Natal



O comércio do Distrito Federal espera alta de 4,5% nas vendas para o Natal, segundo pesquisa do Instituto Fecomércio. O levantamento mostra que 42,3% dos comerciantes apostam em vendas superiores ao mesmo período do ano passado, enquanto que 33,3% esperam vendas iguais e 24,3% acreditam em redução no movimento.

A pesquisa ouviu 300 empresas de 11 segmentos, entre lojas de ruas e shoppings. O setor mais otimista é o de supermercados, que espera um crescimento de 14,3%, seguido pelo de calçados (11,3%), vestuário (8,24%) e loja de departamento (7,8%). Os segmentos que esperam mais quedas nas vendas são de móveis e decorações (-5,67%), bares e restaurantes (-2,62%), perfumaria (-1,77%) e livraria (-1,58%).

Para o presidente da Fecomércio, Adelmir Santana, a maioria das famílias brasilienses está endividada. Por isso, parte do 13º deve ser usado para pagar dívidas e ajustar as contas, prevê. “De acordo com a pesquisa, os empresários do comércio acreditam que as pessoas continuarão consumindo, mas em uma escala menor do que em anos anteriores”, disse.

O Natal neste ano deve movimentar R$ 31,7 bilhões e gerar 138,4 mil vagas temporárias em todo o Brasil, estima a entidade. Entretanto, a expetativa de vendas no país neste ano é de crescimento de 2,64%, número inferior ao do ano passado, que foi de 5%.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente