Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Pacheco, o estadista

‘Constituição não se rasga; ela é para ser respeitada’

Publicado

Foto/Imagem:
Mário Camargo - Foto Waldemir Barreto

Rodrigo Pacheco fez (de novo) discurso de estadista ao comentar os 33 anos da Constituição Federal — que foi promulgada em 5 de outubro de 1988. Segundo o presidente do Senado, a ‘Constituição Cidadã’ é fruto de convergência e acomodação dos múltiplos e variados interesses de toda a sociedade brasileira. Para ele, cabe a todos mantê-la assim. “A Constituição, tanto quanto a sociedade que ela representa, está em constante mutação, enfrentando desafios novos, ameaças de ruptura, lamentavelmente, e momentos de tensão. Cabe a nós, como cidadãos, e sobretudo como parlamentares, enfrentarmos esse desafio; assegurar o devido respeito e a devida observância aos preceitos da Carta Magna.”

Publicidade
Publicidade