Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Coréia do Norte rompe silêncio, reage a Obama e promete ataque

Publicado

Foto/Imagem:


A Coreia do Norte ameaçou ataques contra os Estados Unidos, no que pode ser interpretado como uma escalada na guerra de palavras iniciada após um ataque cibernético à Sony Pictures.

Em comunicado duro, a Coreia do Norte ameaçou ataques contra Casa Branca, o Pentágono e “todo o território dos Estados Unidos”, mas sem especificar qual seria a natureza de tais ataques.

O regime de Pyongyang nega a acusação formal dos Estados Unidos de que seja responsável por um grande ataque virtual à Sony em retaliação ao lançamento do filme A Entrevista, sobre um assassinato fictício de seu líder, Kim Jong-un.

“O Exército e o povo da Coreia do Norte estão totalmente prontos para entrar em confronto com os Estados Unidos em todos os espaços de guerra, incluindo guerra cibernética”, disse um longo comunicado divulgado pela agência de notícias oficial coreana, que chamou o país americano de “fossa do terrorismo”.

O documento acusou o presidente americano, Barack Obama, de “criar de maneira imprudente o boato” de que a Coreia do Norte estava por trás do ataque à Sony.

O comunicado também disse que a Coreia “estima a ação justa” tomada pelos hackers da Sony, embora “não tenha conhecimento de onde eles são”.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade