Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Veículos

Corolla SUV promete abalar fãs de carros lógicos

Mário Camargo, Edição

Quanto mais o SUV Corolla Cross sai às ruas em testes, mais flagras vão aparecendo, já que o modelo é muito importante para a Toyota em todos mercados e acaba sendo “perseguido”. Agora foi a vez da frente ser flagrada camuflada pela primeira vez. A imagem foi feita na Tailândia e inundou as redes sociais.

O modelo usará a base do Corolla e será uma das opções que a marca terá no segmento. Atualmente, o único SUV da Toyota à venda no País é o RAV4, a R$ 217 mil.

Aguardado já para o fim de 2020, o projeto 740B usa plataforma do novo Corolla. Aliás, o novo SUV deve repetir a estratégia da marca com o Yaris Cross e deve se chamar Corolla Cross. Isso dará forte apelo de vendas para o modelo, com a associação clara com o popular sedã.

Assim como a plataforma, a base mecânica também virá do Corolla. O modelo vai usar o 2.0 flexível de 177 cv ou o conjunto híbrido com 131 cv. O Corolla Cross, aliás, será o primeiro SUV híbrido do segmento no Brasil. Ele ficará abaixo do RAV4, com preços possivelmente ao redor dos R$ 150 mil.

No flagra, apesar da camuflagem, é possível ver linhas mais quadradas com inspiração no próprio RAV4. As linhas robustas também estão no Highlander, o maior SUV da marca, vendido nos Estados Unidos.

Por dentro, o Corolla Cross deverá repetir as formas do sedã. Painel e equipamentos deverão ser equivalentes, com uma central multimídia moderna. Itens como controle de cruzeiro adaptativo, frenagem de emergência e farol alto automático deverão ser de série nas versões de topo.

Além do Corolla Cross, a Toyota tem outros dois SUVs na manga para o mercado brasileiro. Um compacto, feito sobre a base do Yaris e inspirado no Raize, e um cupê, nos moldes do Volkswagen Nivus. Eles deverão ser lançados até 2022.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente