Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasil

Covid insiste em manter mortes na casa de 600

Mário Camargo

Se falasse, o novo coronavírus repetiria ao povo brasileiro o que disseram respeitadas autoridades da saúde, como o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta: fiquem em casa ou te devoro.

Mas, como o vírus não fala e o brasileiro parece ter ficado surdo a velhos apelos, a Covid vai trilhando seu caminho e deixando para trás mais mortos, em números sempre acima da casa de 600.

Somente nas últimas 24 horas, revela o boletim epidemiológico desta quinta, 26, do Conselho Nacional e Secretários de Saúde, morreram mais 691 pessoas. Com isso, o total de óbitos chegou a 171.460.

Quando não mata, o novo coronavírus, segundo infectologistas, deixa sequelas nos pacientes. E a lista de doentes aumentou, também de quarta para quita, em 37.614. No total, são 6.204.200 pessoas contagiadas no Brasil.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente