Curta nossa página


Cruzeiro bate Bahia com um a mais e deixa o segundo lá atrás

Publicado

Autor/Imagem:


Líder do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro conseguiu manter seus sete pontos de vantagem na ponta. Na noite desta quinta-feira, no Mineirão, a equipe celeste derrotou o Bahia de virada por 2 a 1, mas só conseguiu superar a defesa visitante depois que os baianos viram o zagueiro Titi ser expulso por reclamação em decisão polêmica da arbitragem. Rafael Miranda abriu o placar para os baianos, enquanto os mineiros marcaram com Everton Ribeiro e Ricardo Goulart.

O próximo duelo do Cruzeiro é contra o time que aparece mais perto na tabela, o São Paulo, que tem 39 pontos na segunda colocação. O duelo está marcado para o domingo, às 16h, no Morumbi. Já o Bahia figura na lanterna e tem 17 pontos. O próximo compromisso da equipe tricolor também é no domingo às 16h, contra o Figueirense, em casa.

O primeiro tempo foi amplamente favorável ao Cruzeiro, que mesmo assim não conseguiu inaugurar o placar. A equipe celeste trocava passes e dava trabalho na bola aérea, mas viam a marcação do Bahia e o goleiro Marcelo Lomba se saírem melhor. Logo aos 4min, Manoel desviou de cabeça após escanteio cobrado por Everton Ribeiro e acertou a trave.

O poste voltou a atrapalhar o Cruzeiro aos 26min, em cobrança de falta de Lucas Silva que explodiu no travessão. O Bahia atacava pouco, mas aproveitou a chance que criou. Guilherme Santos cruzou pela esquerda aos 28min e achou Rafael Miranda, que completou no canto esquerdo do goleiro Fábio.

Depois do intervalo, a situação ficou bem mais favorável ao Cruzeiro. Aos 5min, Guilherme Santos tocou na perna de Ricardo Goulart e o árbitro Marcos Mateus Pereira assinalou pênalti. A marcação enfureceu a equipe baiana, que reclamou bastante, e o juiz ainda expulsou Titi por reclamação. Everton Ribeiro foi para a cobrança e empatou o placar.

A vida ficou bem mais fácil para o Cruzeiro agora que contava com um a mais em campo. O gol da virada saiu aos 25min, quando Ricardo Goulart recebeu dentro da área e chutou no canto esquerdo de Marcelo Lomba. Com o placar favorável, a equipe celeste passou os minutos finais de forma mais tranquila e buscando um terceiro gol. Após o apito final, os jogadores do Bahia cercaram o árbitro para reclamar de sua atuação, e o juiz retribuiu com nova expulsão, desta vez para Fahel.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2024 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.