Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Cruzeiro vai a Santiago e faz 2 a 0 no Universidad do Chile

Publicado

Foto/Imagem:


O Cruzeiro foi maior que a pressão sofrida na Copa Libertadores na noite desta quinta-feira e, assim, conseguiu se manter com chances de classificação às oitavas de final da competição continental. Fora de casa, voltou a vencer a Universidad do Chile, resultado que salva a equipe celeste de uma eliminação precoce. Com gols de Samudio e Bruno Rodrigo, o time brasileiro triunfou por 2 a 0.

Assim, o Cruzeiro chega aos sete pontos, ocupando a terceira colocação do Grupo 5. O Universidad de Chile é vice-líder, com nove, enquanto o Defensor Sporting está na ponta, com dez. Para se classificar, o time mineiro precisará de combinação de resultados na última rodada, na qual enfrenta o lanterna e já eliminado Real Garcilaso, que soma apenas três pontos.

Impreterivelmente, o Cruzeiro terá de vencer no Mineirão, às 22h (de Brasília) da próxima quarta-feira. Se, no mesmo dia e horário, o Defensor vencer ou empatar com a Universidad de Chile, a vaga é automaticamente cruzeirense. Se os chilenos vencerem, no entanto, o time brasileiro empatará em pontos com os uruguaios, e a vaga será decidida no salto de gols. Neste caso, o Cruzeiro precisaria vencer por 2 a 0 para levar a melhor.

O Cruzeiro abriu o placar fora de casa aos 16min do primeiro tempo, com cruzamento de Everton Ribeiro para cabeçada de Bruno Rodrigo. A vitória foi garantida ainda antes do intervalo: aos 40min, Ricardo Goulart passou para Samúdio, que, dentro da área, chutou por baixo do goleiro Herrera. Julio Baptista ainda perdeu chance incrível, ao errar finalização aos 43min.

Mas o jogo não foi fácil para o clube brasileiro, que constantemente esteve à mercê da Universidad de Chile. Ao contrário do que ocorreu no jogo contra o Defensor, quando abriu 2 a 0 no Mineirão, mas cedeu o empate, desta vez soube se segurar defensivamente, embora o rival tenha criado excelentes chances de gol. Dois jogadores – um de cada lado – foram expulsos no fim. Caruzzo, pela Universidad de Chile, aos 40min, e Samudio, pelo Cruzeiro, aos 41min.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade