Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


A unanimidade

Definição da 3ª Via pode ter chapa com Moro e Pacheco

Publicado

Foto/Imagem:
José Seabra - Foto de Arquivo

Rodrigo Pacheco filia-se nesta quarta, 27, ao PSD de Gilberto Kassab. Sérgio Moro já está com a ficha pronta no Podemos para ser assinada em novembro. O ato do presidente do Senado, no Memorial JK, em Brasília, promete reunir figuras representativas da centro-direita, centro e centro-esquerda. O mesmo desenho vai se repetir 15 dias depois, em torno do ex-juiz da Lava Jato, em Curitiba. O discurso de Pacheco, mineiro como JK, será de fazer do Brasil aquele sonhado por Juscelino. Moro, por sua vez, vai bater na tecla da moralidade e do fim da corrupção. Um será cabeça-de-chapa; outro, vice. Este é o quadro da terceira via que, se acredita, terá condições de acabar com a polarização Lula-Bolsonaro. Maior empresário de Brasília, Paulo Octávio será o anfitrião da festa para Rodrigo Pacheco. Se Ibaneis Rocha, governador do Distrito Federal, marcar presença, estará mostrando que o MDB decidiu abraçar a causa. O resto virá a reboque. Moro e Pacheco são sinônimo de crescer e dividir o bolo, sem que nenhum fique com uma fatia maior do que aquela destinada ao povo. Se o script for seguido a risca, 2022 terá apenas o primeiro turno.

Publicidade
Publicidade