Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Bizu

Depois de Bendine e Lula, chega a vez de Almada



A defesa do ex-executivo da empreiteira Engevix Gerson Almada pediu ao Supremo Tribunal Federal, nesta quinta, 29, anulação de sua condenação na Operação Lava Jato. O pedido será julgado pelo ministro Ricardo Lewandowski e foi feito após a decisão da Segunda Turma da Corte que entendeu que um réu tem direito de apresentar alegações finais, última fase antes da sentença, após os delatores do caso. No processo, os advogados de Almada afirmaram que os delatores Paulo Roberto Costa e Alberto Youssef apresentaram suas alegações no mesmo prazo que a defesa, ou seja, delatados e delatores tiveram prazo simultâneo para se manifestarem. Há dois dias, o STF mandou o Caso Bendine, ex-presidente do BB e Petrobras, voltar à estaca zero. Lula pegou carona e também culpa o ex-juiz Sérgio Moro por erros no processo, pedindo, assim, que seu julgamento seja anulado.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente