Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Vota Brasil

‘Destino será como Deus quiser’, 35 anos após o último general

Foto/O Amanhecer - Reprodução do Facebook
José Seabra

Há 35 anos, quando o Brasil acordava das trevas de um longo regime militar, o povo ocupou as ruas na voz de Simone.

Corria o ano de 1983. O Amanhã saía da boca de todo mundo.

Dois anos depois, João Figueiredo, último general a ocupar o Palácio do Planalto, cumpriu a promessa de uma abertura lenta e gradual. E passou o bastão para os civis.

Neste domingo, 28, o Brasil vai às urnas.

De um lado, Jair Bolsonaro, do PSL, diz que o Brasil está acima de tudo. E lembra que Deus está acima de todos.

De outro, carregando, segundo seus adversários, o fantasma da corrupção, Fernando Haddad, do PT, promete um Brasil feliz de novo.

O destino está nas urnas. Pertence a Deus.

Como será o amanhã?

Relembre Simone no vídeo abaixo:

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente