Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Bizu

Devagar, Eduardo. Ser embaixador exige diplomacia

Pretta Abreu

O Hisbolá, respeitado na maioria dos países como partido político, é alvo constante do premiê judeu Bibi Netanyahu. Por sua importância e poder, consegue evitar que Israel invada o Líbano. Agora o Hisbolá ganha um novo inimigo. Vem a ser o deputado Eduardo Bolsonaro, cujo pai, o presidente Jair Bolsonaro, pretende emplacar como embaixador nos Estados Unidos. Até adversários políticos do bolsonarismo aconselharam Eduardo a moderar o tom quando se referir ao grupo libanês. Para o filho do presidente, o Hisbolá é grupo terrorista. Para os árabes, é Partido de Deus. Eduardo, eleito com 2 milhões de votos, foi lembrado nesta segunda, 19, que a colônia árabe em São Paulo costuma eleger muita gente. Vai que ele não vira embaixador? E 2022 é logo ali…

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente