Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Divulgada a comissão de seleção do Troféu Câmara Legislativa

Publicado

Foto/Imagem:


Os filmes do Distrito Federal que vão concorrer ao Troféu Câmara Legislativa durante a 47ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, em setembro, serão escolhidos por uma comissão formada por cinco profissionais com atuações diversas na área audiovisual. O grupo vai ter o desafio de selecionar as produções que vão preencher uma programação de até 600 minutos, compondo a tradicional Mostra Brasília. Em disputa, R$ 200 mil em prêmios.

Conheça os integrantes da comissão de seleção:

Graça Coutinho
Trabalha na área de cultura há 28 anos. De 1984 a 2010, ocupou diversos cargos na Secretaria de Cultura do Distrito Federal, como assessora do Departamento do Patrimônio Histórico e Artístico (1984 a 1995); diretora do Museu Vivo da Memória Candanga (1989 a 1990); assessora do Polo de Cinema e Vídeo (1996 a 1998); assessora na área de cinema (2001 a 2002); gerente de Eventos, Programas e Produções (2002 a 2003), e diretora de Difusão Cultural (2004 a 2006). Integrou o Conselho de Cultura do DF de 2004 a 2006, trabalhou na coordenação de produção do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro de 2001 a 2010 e como coordenadora-adjunta de 2011 a 2013. É consultora de projetos culturais e produtora na área de cinema.

Gustavo Galvão
Formado em Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB), Gustavo Galvão fez especialização em Cinema em Madri, na Escuela Superior de Artes y Espectáculos. Dirigiu dois longas (Nove Crônicas para um Coração aos Berros e Uma Dose Violenta de Qualquer Coisa) e sete curtas de ficção, exibidos em mais de 70 festivais e adquiridos pelas principais emissoras do País. Além disso, Galvão – que também é roteirista e produtor – se dedica desde 1999 à curadoria de mostras de cinema e a colaborações com o Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo e com o Festival Internacional de Cinema de Brasília.

Laura Maria Coutinho
Professora associada da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília (UnB), Laura Maria Coutinho é graduada em Audiovisual pela UnB, mestre em Educação pela mesma universidade e doutora em Educação, Conhecimento, Linguagem e Arte pela Unicamp. Seus projetos de ensino e pesquisa colocam o cinema, a televisão, a arte e a cultura como constituintes da nossa relação com o mundo, compreendendo que ficção e realidade, em imagens e sons, são componentes da visão contemporânea de mundo e constituem uma educação que, em estética, política e magia, realiza-se pelo desenvolvimento da sensibilidade. Ministra disciplinas na área de cinema e educação na graduação e na pós; coordena o Laboratório de Audiovisual da Faculdade de Educação/UnB e a linha de pesquisa Educação audiovisual: arte, cultura, cinema e televisão.

Mike Peixoto
Doutor em Imagem e Som pela Universidade de Brasília (UnB), com pesquisa desenvolvida na área de autoria cinematográfica e linguagem audiovisual, Mike Peixoto é mestre em Comunicação Social pela mesma instituição, com trabalho na área de teoria e estética do cinema. É professor substituto do Departamento de Audiovisuais e Publicidade da UnB e professor do curso de Cinema e Mídias Digitais do Instituto de Ensino Superior de Brasília (Iesb). Participa, ainda, do Laboratório de Análise Instrumental da Comunicação (LAICOM), com base na Universidade Autônoma de Barcelona (Espanha).

Pablo Fagundes
Considerado um dos grandes gaitistas brasileiros da nova geração, Pablo Fagundes iniciou sua formação musical, na infância, com a flauta doce e, na adolescência, descobriu a gaita diatônica. É formado em gaita cromática pela Escola de Música de Brasília, acumulando 20 anos de experiência, e é professor titular do instrumento na Escola de Choro Raphael Rabello, do Clube do Choro de Brasília. O gaitista já compôs diversas trilhas sonoras para cinema.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade