Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasil

Dono da Gol diz que Maia recebeu propina de aéreas

Foto/Arquivo Notibras
Antônio Albuquerque

O empresário Henrique Constantino, um dos donos da Gol, afirmou, em delação premiada, que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), recebeu propina (na forma de ‘benefício financeiro’) de um pool de empresas aéreas.

Também foram beneficiados, segundo o delator, o senador Ciro Nogueira, presidente do PP, o ex-senador Romero Jucá (MDB) e os ex deputados do PT Vicente Cândido, Marco Maia e Edinho Araújo.

A delação foi homologada pelo juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10.ª Vara Criminal da Justiça Federal do Distrito Federal. Não há informação, porém, sobre os valores pagos.

Ainda segundo Constantino, também pediram propina, mas não foram atendidos, o ex-presidente Michel Temer, e os deputados Eduardo Cunha e Henrique Eduardo Alves, todos do MDB.

As negociação foram intermediadas pelo doleiro e operador do mercado financeiro Lúcio Funaro, Até a edição desta matéria, o único dos acusados a responder foi Rodrigo Maia.

“Constantino está mentindo e que esse será “mais um” dos casos de investigação arquivada. “Nunca me pagou nada, isso é mentira dele. Não tem como provar e vai ser mais um inquérito arquivado na justiça brasileira”, afirmou Maia, nos Estados Unidos, onde se encontra em viagem oficial.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente