Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Bizu

Doria dá golpe de mestre de olho no Planalto

Pretta Abreu

João Doria pode até ser maluco, mas não é doido. Ao menos ele demonstrou que tem lampejos de sanidade, ao recuar no caso dos assassinatos em Paraisópolis, onde nove adolescentes morreram vítimas da truculência da Polícia Militar para acabar com um baile funk. Num primeiro momento o governador paulista saiu em defesa da repressão policial. Depois, advertido por assessores conscientes, ele recuou. Não só decidiu punir e criar novas regras para a PM, como anunciou um conjunto de ações para a região, como lazer, cultura, esporte, cidadania e até formação profissional. A mudança tem uma explicação. Parte da PM vota em Bolsonaro. Já o povão, anda meio escanteado pelo capitão. E como Doria quer o Planalto em 2022, nada melhor do que ir atrás de quem pretende mudar de lado.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente