Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasil

Doria voa para Maia e quer levar Kassab na mala

Foto/Arquivo Notibras
Cláudio Coletti

Lideranças do PSDB e do DEM estão avançando para a fusão das duas legendas a nível nacional.  Os dois partidos mantêm uma ‘coligação branca’ desde o governo de Fernando Henrique Cardoso.

Estão por trás dessas negociações o governador tucano paulista João Doria e o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia. Ambos são apontados como pré-candidatos à corrida presidencial em 2022.

Se confirmar essa fusão, o grupo PSDB-DEM passará a ser a maior força politica nacional, com seis governadores, 57 deputados federais e 14 senadores.

Seria a maior bancada da Câmara, superando o PSL, com 55 deputados e o PT, com 54. Seria uma forte força nas eleições municipais do ano que vem, preparatórias para o pleito presidencial de 2022.

Os articuladores da fusão PSDB-DEM alimentam a esperança ainda de atrair para o novo grupo o PSD de Gilberto Kassab.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente