Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Bizu

Ego, ciumeira e poder acirram briga anti-Aras

Pretta Abreu

Ego, ciúme e busca por uma maior fatia de poder são os ingredientes que estão alimentando a crise entre a PGR e o pessoal da Lava Jato. O clima esquentou a tal ponto que o procurador Roberson Pozzobon usou o Twitter para responder a Augusto Aras e defender a independência do Ministério Público. “É óbvio, mas ultimamente até o óbvio precisa ser dito, relembrado, dito novamente: a independência funcional não é um luxo, mas requisito mínimo para que o Ministério Público, por todos os seus integrantes, de 1ª à última instância, possa cumprir seus deveres constitucionais. Além de ser um dos princípios institucionais do Ministério Público, a independência funcional é uma garantia da sociedade”. A primeira vítima dessa disputa é a subprocuradora Lindôra Araújo, que desistiu de disputar uma cadeira no Conselho do MP, após as trapalhadas de buscas na Lava Jato de Curitiba, Rio e São Paulo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente