Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


O SUV

Elétrico iX3 da BMW ganha novo visual e custa 750 mil

Publicado

Foto/Imagem:
Antônio Albuquerque, Edição - Foto/Divulgação

Bom, bonito, potente e econômico. Mas não é para os brasileiros – claro, se você quiser bancar uma importação, não tem problema; e o custo, incluindo impostos, deve girar em torno de 750 mil reais. Estamos falando do elétrico BMW iX3. O SUV ganhou visual atualizado por fora e por dentro bem parecido com o X3 tradicional, que usa motores a combustão. Entretanto, o modelo, a ser apresentado em setembro na Europa, manterá a mecânica 100% elétrica que estreou há um ano.

Como novidade, destaque para a os faróis – iluminados por LEDs – mais afilados e entradas de ar (o famoso duplo rim) com dimensões maiores. Na parte de trás, a novidade fica por conta do difusor esportivo. Lanternas têm novo efeito tridimensional. O modelo vem, de fábrica, com o pacote M Sport. Nesse sentido, tem design mais agressivo. Rodas têm 19″ e 20″ como opcionais.

Da porta para dentro, mais redesenho. São novos o console central, os assentos exclusivos e os acabamentos. Há, contudo, um novo painel de instrumentos digital com tela de 12,3 polegadas e tela central com as mesmas medidas.

Na lista de equipamentos, soluções como sistemas de assistência ao motorista – com assistente de faixa, controlador de velocidade adaptativo, entre outros itens – e sistema de navegação baseado em nuvem, o BMW Maps. Tem ainda, nesse sentido, assistente pessoal, atualização remota de software e Apple CarPlay e Android Auto.

Para se mover, o SUV da BMW tem motor que traciona as rodas traseiras e gera potência de 210 kW – equivalente a 286 cv. São, no entanto, 40,8 mkgf de torque – como em todo carro elétrico, disponível 100% do tempo.

Com isso, vai da inércia aos 100 km/h em 6,8 segundos. A velocidade máxima fica em 180 km/h (limitada eletronicamente). A bateria do iX3 tem 80 kWh. A mecânica estreia a quinta geração da tecnologia eDrive, que permite ampliar a autonomia máxima para até 460 km (Ciclo WLTP). O componente, por fim, pode ser recarregado de 10 a 80% em pouco mais de 30 minutos, informa a marca. Na tomada de casa, por meio da BMW Wallbox (de 11 kW), o iX3 pode ter 100% de carga em menos de 8 horas.

Publicidade
Publicidade