Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


O sufoco

Emprego viveu em 2020 seu pior gargalo, mostra IBGE

Publicado

Foto/Imagem:
Dora Andrade - Foto Amanda Perobelli

A pandemia de covid-19, que começou em 2020, causou impacto negativo à economia brasileira e, especialmente, ao mercado de trabalho, piorando os resultados que já eram insuficientes para melhorar as condições de vida da população. É o que mostra a Síntese de Indicadores Sociais (SIS): uma análise das condições de vida da população brasileira, divulgada pelo IBGE, no capítulo sobre estrutura econômica e mercado de trabalho. A avaliação da evolução do Produto Interno Bruto (PIB) e da dinâmica do consumo das famílias, ambos per capita, isto é, por indivíduo, revela que os resultados positivos observados até metade da década passada, com taxas de crescimento acumulado entre 2010 e 2014 de 12,9% e 16,6%, deram lugar, nos seis anos finais da série, a quedas de 10,8% e 10,6%, respectivamente. Em 2020, as retrações foram de 4,8% do PIB e de 6,2% do consumo das famílias per capita.

Publicidade
Publicidade