Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Saúde

Envelhecimento só começa aos 60. Será?

Bartô Granja, Edição

Afinal, que história é essa de envelhecimento? Agora está mais fáil entender, a partir da revelação de uma análise de nove pesquisas com institutos de renome, como a Sociedade Brasileira de Urologia, Instituto Oncoguia e Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia: 41% dos homens brasileiros acreditam que o envelhecimento só começa a partir dos 60 anos de idade.

Há 11 anos, a Bayer acompanha o assunto de perto e fez um compilado de informações importantes sobre a saúde masculina e como os homens encaram alguns temas como sexualidade, saúde e comportamento. O objetivo é entender o grau de conhecimento e a percepção dos homens sobre o universo masculino.

O Brasil tem mais de cem milhões de homens. Desses, 14 milhões têm mais de 60 anos. E é justamente o entendimento a respeito do assunto que chama atenção. De acordo com a pesquisa, 43% deles têm medo de envelhecer.

Apesar de corriqueiros, outros temas ainda servem de alerta para a população masculina. Embora 75% dos tumores de próstata aparecerem após os 65 anos, 30% dos homens brasileiros na faixa dos 50 anos também apresentam a doença. Em 2018, 68 mil pacientes com câncer de próstata foram tratados e 14 mil morreram por causa da doença.

Sobre o exame de toque retal, 49% deles admitiram que nunca realizaram o procedimento. Questionados sobre o porquê, 26% alegam que o médico jamais solicitou e 24% acreditam que é uma ideia ‘pouco máscula’.

A OMS recomenda exames periódicos da próstata depois dos 50 anos ou até antes, a partir dos 40 anos, se existir caso na família. A pesquisa revela que 32% dos homens não sabem apontar nenhum dos sintomas comuns do câncer de próstata. Os principais sinais são dificuldade para urinar, com ardência ou interrupções no jato, dores genitais, vontade de urinar mais vezes durante o dia e à noite e sangue na urina.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente