Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Curiosidades

ET’s monitoram Terra com suas sondas espaciais

Bartô Granja, Edição

Parece que os chamados co-orbitais da Terra, ou objetos espaciais que orbitam o Sol na mesma distância que o nosso planeta, podem abrigar equipamentos avançados de vigilância alienígena que foram colocados lá milhões de anos atrás para monitorar a vida aqui, relata a Live Science.

Se a hipótese levantada pelo físico e pesquisador independente do SETI James Benford estiver correta, esses objetos espaciais podem ser “uma maneira de detectar atividades alienígenas que ocorreram antes que os humanos evoluíssem, muito menos voltaram sua atenção para as estrelas”.

“Eles estão basicamente girando em torno do Sol na mesma proporção que a Terra e estão muito próximos”, disse Benford.

O cientista também observou que, embora a Lua possa parecer uma escolha melhor para um “posto de escuta” alienígena, qualquer ponto em sua superfície está “na escuridão por duas semanas por vez”, enquanto a sonda exigiria a capacidade de armazenar energia “até que pudesse recarregar no Sol novamente”.

Comentando essa teoria, Paul Davies, físico e astrobiólogo da Universidade Estadual do Arizona, também observou que, embora a probabilidade de a tecnologia de espionagem alienígena estar realmente em uma dessas rochas espaciais seja “extremamente improvável, não faria mal investigá-las”.

“Mesmo se não encontrarmos ET, podemos encontrar algo de interessante”, disse ele.

Agora, Benford defende o uso de telescópios ópticos e de rádio para estudar os co-orbitais, além de fazer o ping deles com radar planetário. Ele avalia que enviar uma espaçonave para um desses objetos pode ser relativamente barato e fácil.

“Se não encontrarmos nada, isso significa que ninguém olha a vida da Terra há bilhões de anos. Isso é uma grande surpresa, uma coisa impressionante”, observou.

Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente