Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Veículos

Ferrari enterra GTC4Lusso para apostar no Purosangue

Antônio Albuquerque, Edição

A Ferrari  decidiu avançar com o projeto do Purosangue, seu primeiro SUV. Um porta-voz da marca italiana confirmou o encerramento da produção do cupê de duas portas e quatro lugares GTC4Lusso. O fim do modelo lançado em 2016 abre espaço na fábrica de Maranello, na Itália, para a montagem do utilitário-esportivo.

Nos últimos meses, o GTC4Lusso vem servindo de “mula” para os primeiros testes de rua do Purosangue. Isso foi possível porque o superesportivo tem a mesma configuração de chassi prevista para o utilitário. Isso inclui o motor central-dianteiro e os quatro assentos (formato 2+2). O nome Purosangue, inclusive, foi confirmado pelo CEO da companhia, Louis Camilleri, em uma apresentação sobre os planos da Ferrari.

A gama de motores do GTC4 Lusso segue a receita que também deve equipar o crossover. A versão base do quatro lugares com tração traseira traz um V8 biturbo com 610 cv e 77,3 kgfm. A outra opção adota um 6.3 V12 aspirado de 690 cv e 71 kgfm. O câmbio é um automatizado de dupla embreagem e sete marchas com tração integral. Esta última faz o zero a 100 km/h em 3,4 segundos.

Previsto para estrear entre o fim de 2021 e o início de 2022, o SUV da Ferrari também deverá oferecer opção híbrida. O modelo vai concorrer diretamente com Lamborghini Urus, Maserati Levante e Porsche Cayenne Coupé e, segundo executivos da marca, não decepcionará os fãs mais puristas.

Apesar disso, a empresa e os executivos refutam o termo “SUV” para se referir ao Purosangue. As informações iniciais dão conta de que o novo SUV da Ferrari não será tão versátil quanto um Lamborghini Urus (e sua base de Audi Q8), mas conseguirá levar quatro passageiros e suas bagagens confortavelmente.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente