Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasil

FHC quer mais combate ao crime organizado

Foto/Arquivo Notibras
Bartô Granja

Alguém precisa colocar o pé no freio dos desatinos e acabar com a ‘abordagem punitiva’ do Poder Público diante da criminalidade no País, advertiu nesta quarta, 29, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Na opinião de FHC, que falou em um evento sobre a política de drogas em São Paulo, “o Brasil vive um momento de transição perigoso”.

“Infelizmente, no Brasil, está prevalecendo a ideia de que criminoso bom é criminoso morto”, declarou FHC. De acordo com o ex-presidente, falta ao País um foco maior no combate ao crime organizado em lugar de uma “perseguição” a usuários de drogas como a maconha. “A atitude punitiva que estamos tomando é contraproducente”, emendou.

FHC disse esperar que o Supremo Tribunal Federal (STF) se posicione de maneira mais “adequada” em relação a essa discussão. O tema deve entrar na pauta da Corte em junho, guiado pela expectativa de um posicionamento dos magistrados a favor da descriminalização da posse de maconha. “Dizer que quem defende a regulamentação defende o uso de drogas? Não, ninguém em sã consciência defende o uso de drogas”, acrescentou o ex-presidente.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente