Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Arcebispo solta o verbo

Fiéis festejam a padroeira da cidade com missa na Esplanada

Publicado

Foto/Imagem:
Lívio di Araújo/Via Agência Brasília - Foto Geovana Albuquerque

Cerca de 60 mil pessoas estiveram presentes nesta quarta-feira (12), na tradicional missa de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil e de Brasília. A celebração, que nos dois últimos anos ocorreu com uma missa menor, dentro da Catedral Metropolitana, devido à pandemia de covid-19, neste ano retornou à Esplanada dos Ministérios, com direito à tradicional procissão. O governador em exercício, Paco Britto, juntamente com a esposa, Ana Paula Hoff, assistiu à missa, celebrada pelo arcebispo de Brasília, Cardeal Dom Paulo Cezar.

Na homilia de pouco mais de 20 minutos, Dom Paulo chamou a atenção das autoridades para que tivessem um “olhar de mãe” para os problemas da cidade e criticou o momento que o país vive com a polarização. “Peçamos à mãe que interceda por nós, que nos ajude a respeitar nossas diferenças”, disse. “Nosso povo é um povo de fé, e qualquer análise que não leve em conta a fé do povo, é uma análise míope”, completou.

O evento contou com a presença das 156 paróquias do Distrito Federal, todas com representantes na celebração. Envolvidas na festa, 350 católicos se dividem na organização, iluminação, som e atendimento aos fiéis. “É muito gratificante ver essa celebração de volta, emocionando os católicos, festejando a nossa padroeira, depois de dois anos prejudicada pela pandemia. Que Nossa Senhora Aparecida continue abençoando o Distrito Federal”, disse Paco Britto.

Antes do início da missa, o Cardeal Dom Paulo também havia falado sobre a pandemia em uma entrevista. “A pandemia mexeu com todos nós e mostrou a fragilidade da vida”, afirmou.

A programação da festa da padroeira começou cedo, às 9h, com a missa das crianças e coroação de Nossa Senhora. À tarde, os católicos puderam rezar o Ofício da Imaculada Conceição, o terço mariano, e o início da Novena Missionária e terço missionário. Após a missa, teve início a procissão com a imagem da santa, onde os fiéis acendem velas e fazem o percurso na Esplanada dos Ministérios. Durante a caminhada, são concedidas três bênçãos: pelos doentes, pelos governantes e pelas famílias.

Publicidade
Publicidade