Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Esportes

Fla é campeão no Rio; em São Paulo deu Corinthians

Foto/Batista Jr Press
Mário Camargo

O Flamengo sagrou-se campeão carioca neste domingo, 21, ao bater o Vasco da Gama por 2 a 0 no Maracanã- mesmo placar do jogo da ida, no último domingo, no Engenhão.

No Paulistão, deu Corinthians. Na final contra o São Paulo, o Timão, que começou o campeonato desacreditado, abriu o placar, levou o empate mas voltou à frente aos 43 do segundo tempo. O primeiro jogo havia terminado em 0 a 0.

Rio – O clássico entre Flamengo e Vasco deste domingo foi bem mais equilibrado que o de domingo passado, quando o Rubro-Negro venceu no estádio Nilton Santos com extrema facilidade por 2 a 0. O Cruzmaltino apresentou uma postura mais corajosa, se lançou ao ataque e criou oportunidades de gol. O time da Gávea, porém, mais uma vez demonstrou superioridade técnica.

O primeiro gol do Flamengo surgiu após um impedimento de Gabigol não marcado pela arbitragem. Na sequência da jogada, atacante sofreu falta. Na cobrança, Arrascaeta cruzou e encontrou Willian Arão, que cabeceou para o fundo da rede. Aos 37 minutos do segundo tempo, Diego deu bela enfiada para Vitinho, que em velocidade sai na cara de Fernando Miguel e, com categoria, chutou para o fundo do gol, fechando o placar.

São Paulo – Na Arena corintiana, Danilo Avelar abriu o placar para o Corinthians, Antony empatou, e Vagner Love fez o gol do título alvinegro pouco antes do término do jogo. É o 30º título paulista do Corinthians, que amplia sua hegemonia como maior campeão estadual. O tricampeonato de 2017, 18 e 19 entra para a história por acontecer 80 anos depois do último tri corintiano, conquistado em 1939.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente