Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Japão

Gato, como cachorro, atende chamado pelo nome

Publicado

Foto/Imagem:
Ian de Martino/Via Sputniknews - Foto Divulgação

Saber o próprio nome é uma característica mais comumente associada a cães do que a gatos, mas estudos recentes mostraram que os gatos podem aprender seu próprio nome, e um estudo sugere que eles podem aprender muito mais do que isso, segundo estudo de pesquisadores japoneses publicado na Nature. Os felinos seriam capazes não apenas de aprender seus nomes, mas também de aprender os nomes de seus donos humanos e de outros gatos com quem convivem.

O estudo se concentrou em gatos em ambientes domésticos com vários gatos e cafés para gatos, estabelecimentos populares no Japão, onde os clientes visitam e interagem com mais de 50 gatos por vez. Os pesquisadores exibiram imagens de gatos para um gato que estaria familiarizado com eles e, em seguida, reproduziram um clipe de áudio do dono dizendo o nome desse gato ou um nome incorreto. O estudo mostrou que os gatos em lares com vários gatos olhavam para a imagem por mais tempo quando o nome incorreto era tocado, sugerindo que eles estavam intrigados com a incompatibilidade.

Os gatos que residiam em cafés para gatos não mostraram o mesmo comportamento, talvez porque vivem com muitos gatos para aprender seus nomes e têm menos oportunidades de aprendê-los porque há um fluxo constante de humanos estranhos entrando e saindo do café.

O efeito foi maior em gatos de lares com vários gatos que tinham várias pessoas morando neles, provavelmente porque eles têm mais oportunidades de ouvir nomes sendo ditos.

“Quero que as pessoas saibam a verdade”, disse Saho Takagi, pesquisadora especializada em ciência animal da Universidade de Azabu, que iniciou o estudo quando trabalhava na Universidade de Kyoto: “Os felinos parecem não ouvir as conversas das pessoas, mas, na verdade, eles fazem isso.”

Publicidade
Publicidade