Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Ninguém para

Gilmar manda Saúde ver vacina a partir dos 12 anos

Publicado

Foto/Imagem:
Pontes de Miranda Neto II

O Judiciário não tira o olho da pandemia do novo coronavirus e suas consequências. A ordem é vacinar e vacinar. Que o diga o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal. Nesta quarta, 14, em pleno recesso da Corte, ele determinou que o Ministério da Saúde analise a necessidade de inclusão prioritária de adolescentes entre 12 e 18 anos no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra Covid-19, especialmente daqueles que pertencem ao grupo de risco. Na decisão, Gilmar ressaltou que, em junho, a Anvisa aprovou o uso da vacina Comirnaty, da Pfizer, para adolescentes a partir de 12 anos.

 

Publicidade
Publicidade