Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Bizu

Gilmar proíbe PF de ‘caçar’ Glenn, do site Intercept

Pretta Abreu

A Rede, de Marina Silva, pediu, e o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, atendeu: a partir de agora, a Polícia Federal está proibida de investigar qualquer ato do jornalista Glenn Greenwald, do site Intercept Brasil, diretamente ligado ao vazamento de mensagens de autoridades da República, inclusive do ministro da Justiça Sérgio Moro. O repórter, segundo Gilmar, não pode ser responsabilizado pela “recepção, obtenção ou transmissão” de informações publicadas na imprensa. Ainda de acordo com o ministro do STF, a liberdade de expressão e de imprensa “não pode ser vilipendiada por atos investigativos dirigidos ao jornalista no exercício regular da sua profissão”.

Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente