Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Até fim do ano

GM volta com carros velhos mostrando caras novas

Publicado

Foto/Imagem:
Antônio Albuquerque, Edição

Vem carro novo por aí. Ou melhor, carros velhos em novas versões. Promessa da General Motors, que anunciou o lançamento de quatro modelos até o final deste ano.

Sem especificar se serão novas gerações ou facelifts, a montadora afirmou que as novidades serão reveladas uma a uma nas próximas semanas em uma websérie.

Todavia, pelo investimento da Chevrolet e pelas movimentações do mercado, os veículos serão todos da linha de importados.

São eles: o novo Bolt, o SUV Equinox reestilizado, a inédita versão Z71 da picape S10 e uma série inédita do Cruze. De acordo com a GM, a ordem de revelação dos modelos não corresponderá necessariamente à sequência de lançamento deles.

As quatro novidades fazem parte do reativação do investimento de R$ 10 bilhões anunciado pela marca em 2019, mas congelado por causa da pandemia.

S10 GM
S10 High Country perderá o posto de versão de topo para configuração com apelo off-road Z71 GM/Divulgação
Você também vai gostar de

S10 Z71
O segundo veículo da direita para esquerda se trata de uma inédita versão da caminhonete da GM. Tal como ocorreu na versão Black da Ford Ranger, a picape média ganhará um fôlego extra até a troca da geração, o que deve acontecer em 2023. No exterior, a sigla Z71 é conhecida por indicar os modelos da Chevrolet com preparação off-road.

Tal como o Jornal do Carro antecipou, a inédita versão no Brasil chegará ainda em 2021 com uma série de modificações no visual para deixá-lo mais imponente e radical. Além disso, deve receber alterações na suspensão, com pneus mais altos e bastante sulcados. A marca, no entanto, não deve alterar a mecânica.

Dessa forma, a nova versão de topo da picape mira a futura Toyota Hilux Rocco, Volkswagen Amarok com motor V6 e até a Ford Ranger Raptor, à venda na Argentina, por exemplo.

Nova Equinox
Posicionado ao lado esquerdo da picape S10, está o novo Equinox. O SUV de sete lugares deve, enfim, receber a reestilização adotada pela sua versão norte-americana no ano passado. Moderna, a dianteira está mais esportiva e tem faróis mais finos com LEDs diurnos separados por um prolongamento da grade.

Dentro do capô, a Chevrolet deve manter exclusivamente a motorização 1.5 turbo a gasolina de 172 cv, uma vez que a versão com motor 2.0 turbo foi descontinuada na linha 2021. O facelift chega em boa hora, visto que esse ano o Equinox ganhará um novo rival: o Jeep Commander.

Nova geração do Bolt
Situado no canto esquerdo da imagem, está a nova geração do Bolt. Revelado na CES deste ano, o modelo ganhou uma versão mais altinha, o crossover Bolt EUV. Desse modo, a marca da gravata dourada pretende trazer os dois novos elétricos ao Brasil. Porém, eles não deverão chegar ao mesmo tempo, deixando o SUV para o próximo ano.

Pelo tamanho do veículo na imagem, ele parece se tratar mesmo da versão hatch do Bolt. Seu novo conjunto motriz utiliza um motor de 203 cv de potência e baterias de 66 kWh. Esta mecânica faz com que acelere de 0 a 100 km em cerca de 7 segundos e percorrer aproximadamente 416 km com a carga completa.

Publicidade
Publicidade