Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Vá entender

Governo que entra faz transição para equipe que fica

Publicado

Foto/Imagem:
Ian Ferraz/Via Agência Brasília - Foto Divulgação

Responsável por definir metas e planos para os próximos quatro anos, a comissão de transição do Governo do Distrito Federal (GDF) iniciou os trabalhos nesta segunda-feira (7). A atuação do grupo terá duração de 30 dias e está concentrada em seis salas do Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), sem custos para o governo local, onde receberá representantes de entidades da sociedade civil organizada.

Reeleito para o segundo mandato, o governador Ibaneis Rocha disse que a comissão é importante para determinar as prioridades e ouvir os mais diversos setores da sociedade sobre as demandas do DF. “É um momento muito especial para quem pretende iniciar, com o pé no acelerador, o ano de 2023″, afirma.

“Nós formulamos as nossas propostas, o nosso plano de governo, e agora vamos validá-las com o setor produtivo e com os setores da sociedade civil organizada para que possamos traçar o que são realmente as prioridades, ouvindo os setores da economia, saúde, educação, assistência social e outros para que possamos trabalhar cada vez melhor pelas nossas cidades”, explica o governador.

Para uma melhor organização, a comissão foi dividida em grupos temáticos que atendem às mais variadas áreas. O Grupo I, por exemplo, cuidará do Planejamento, Orçamento e Gestão; Regiões Administrativas e Tecnologia; Trabalho e Renda e Desenvolvimento Econômico. O Grupo II ficará com Esporte e Lazer e Turismo.

Já o Grupo III cuidará da Segurança, Justiça e Cidadania, Educação e Saúde. No Grupo IV estão alocados Desenvolvimento Social, Pessoas com Deficiência, Mulher e Juventude. O Grupo V terá as áreas de Mobilidade Urbana, Infraestrutura e Urbanização e Habitação. Por fim, o Grupo VI reúne Agricultura, Meio Ambiente, Saneamento Básico e Desenvolvimento Urbano. Confira o vídeo:

Os grupos I e II serão chefiados pelo secretário de Planejamento, Orçamento e Administração, Ney Ferraz Júnior. O III e o IV pelo secretário da Casa Civil, Gustavo do Vale Rocha, e o V e VI pelo secretário de Governo, José Humberto Pires de Araújo.

O secretário de Comunicação, Weligton Luiz Moraes, e o consultor jurídico, Rodrigo Frantz Becker, manterão representantes nas reuniões dos grupos temáticos.

A Comissão de Transição foi instituída em 1º de novembro para trabalhar ações de governo para o mandato de 2023-2026 de Ibaneis Rocha.

Publicidade
Publicidade