Curta nossa página


Grêmio cai em casa na segunda derrota seguida do Gauchão

Publicado

Autor/Imagem:


O Grêmio continua em crise no Campeonato Gaúcho: depois de perder para o Brasil-RS na rodada passada, a nova decepção tricolor aconteceu na Arena, neste sábado. O Veranópolis, que ocupava a lanterna, conseguiu vencer por 1 a 0 e complicou a vida do time de Felipão. Agora, o Grêmio tem apenas seis pontos em cinco jogos, situação que é agravada pela grande debandada de jogadores importantes no mercado da bola.

O Grêmio já entrou em campo sem confiança e nervoso, mas tudo ficou mais difícil com o gol do Veranópolis, marcado por Dener, aos 21min. Era o pior cenário possível para a equipe tricolor: o time visitante teve autorização para montar uma retranca e ainda ficou livre para contra-atacar.

O principal problema do Grêmio era o ataque desentrosado. Douglas e os jovens Everton, Luan e Rafael Coelho até tinham posse de bola, mas criaram muito pouco. Tanto que a melhor chance do time no primeiro tempo foi uma falta cobrada por Fellipe Bastos, defendida por Matheus.

O elenco raso do Grêmio não permitiu que Felipão pudesse corrigir muitos problemas no segundo tempo. Pedro Rocha e Júnior entraram, mas pouca coisa mudou. O Veranópolis quase comemorou um golaço após bonita jogada de Rafael Mineiro.

Felipão ainda tentou melhor a armação de jogadas trocando Rafael Coelho por Lincoln. Mas o goleiro Matheus, do Veranópolis, continuou sem trabalhar muito. Para piorar, Matías Rodríguez ainda teve que ficar em campo com dores, pois todas alterações já tinham sido feitas. Com tantas dificuldades, o Grêmio até manteve a pressão até o final, mas falhou na hora de transformar isso em gol.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2024 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.