Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mundo

Guaidó anuncia apoio popular e arma golpe contra Maduro

Foto/Sputniknews
Bartô Granja

O autoproclamado presidente interino da Venezuela Juan Guaidó, anunciou nesta terça-feira, 30, que conta com o apoio de um grupo de militares para restaurar a democracia e “acabar com a usurpação de poder” – como os antichavistas se referem ao governo de Nicolás Maduro -, em um vídeo gravado de uma base aérea de Caracas e publicado nas redes sociais.

Na mensagem publicada nas redes sociais, Guaidó convocou outros militares a se juntarem a seu movimento e pediu que a população saia às ruas, “de forma pacífica” para apoiar sua reivindicação. “Hoje, valentes soldados, valentes patriotas, valentes homens apegados à Constituição vieram ao nosso chamado. Nós também viemos ao chamado, definitivamente nos encontraremos nas ruas da Venezuela”, disse o líder opositor.

O governo Maduro chamou a iniciativa de Guaidó de uma “tentativa de golpe de Estado”. “Neste momento estamos enfrentando e desativando um grupo reduzido de militares traidores que se posicionaram na distribuidora Altamira para promover um golpe de Estado”, escreveu no Twitter o ministro da Comunicação, Jorge Rodríguez, que se referiu ao caso como uma “tentativa” e acusou a “direita golpista”.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente