Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Cultura

Hagar vai sair das tirinhas para invadir as telinhas

Carolina Paiva, Edição

A produtora The Jim Henson Company, empresa do falecido criador dos “Muppets” e “Cristal Encantado”, anunciou que vai transformar a famosa tira em quadrinhos de “Hagar, o Horrível” em uma série animada de “bonecos digitais”.

A série, com adaptação a cargo do roteirista Eric Ziobrowski (de “Fresh off the Boat” e “Don’t Trust the B—- in Apartment 23”), pretende trazer às telas toda a família viking liderada pelo grande conquistador Hagar, que não consegue entender como a sociedade que ele conhecia está mudando ao seu redor.

Criado por Dik Browne em 1973, o personagem já teve uma adaptação animada, realizada pelo estúdio Hanna-Barbera em 1989 como especial televisivo, mas sua exploração nas telas nunca passou disso, embora a Sony tenha tentado produzir um filme em 2014.

“Hagar já deveria ter ganhado sua própria série e esta nova comédia familiar animada, ambientada no rico e hilário mundo dos vikings, continuará a tradição do que fazemos de melhor na The Jim Henson Company”, disse Lisa Henson, CEO e presidente da produtora. “Hagar é um personagem bem estabelecido e perene e o público imediatamente o conhece e o ama. Os quadrinhos de Dik Browne serão um playground encantador e irreverente para nosso estúdio de bonecos digitais”, completou.

O comunicado explica que a empresa pretende usar tecnologia de seu estúdio de fantoches para ajudar aos animadores a dar vida aos personagens “em tempo real, permitindo uma performance mais orgânica e espontânea”, embora isso não explique exatamente como a combinação vai funcionar.

Fundada por Jim Henson (intérprete original do sapo Kermit), a produtora é responsável pela série “O Cristal Encantado: A Era da Resistência”, que teve uma temporada na Netflix, e está desenvolvendo “Earth to Ned” para a Disney+ e “Fraggle Rock: Rock On!” para a Apple TV+.

Hagar voltou recentemente a chamar atenção da mídia americana após uma tira emoldurada do personagem ter sido vista na mesa do presidente eleito Joe Biden, durante a vídeo-chamada em que ele escolheu Kamala Harris para ser sua vice-presidente.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente