Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Hamilton corta as asas da Red Bull e repete pole. Massa larga em 9º

Publicado

Foto/Imagem:


A exemplo do que vem ocorrendo desde o início da temporada de 2014 da Fórmula Um, deu Mercedes de novo na cabeça da lista.

Neste sábado, na Espanha, o inglês Lewis Hamilton cravou mais uma vez a pole position, o que vem se tornando rotina na escuderia alemã. Seu colega Nico Rosberg dividirá a primeira fila.

O brasileiro Felipe Massa errou com problemas na traseira da sua Williams e abre a quinta fila, em novo lugar. Ele planejava ficar entre os cinco primeiros colocados no grid de largada, mas teve que se contentar com o nono lugar.

No treino classificatório realizado neste sábado no circuito de Montmelò, o piloto da Williams teve problemas em sua última tentativa de volta rápida e vai largar atrás de Valteri Bottas, seu companheiro de equipe, quarto no grid. Já a Mercedes voltou a dominar e tem Lewis Hamilton na pole position, seguido por Nico Rosberg.

Esta é a segunda vez na qual Massa perde o duelo interno para Bottas no treino de classificação. Antes, o brasileiro só havia perdido a disputa no GP do Bahrein, quando largou em sétimo e viu o finlandês ocupar o terceiro posto no grid de largada.

O sábado parecia ser todo de Rosberg – afinal, ele foi o mais rápido no terceiro treino livre e liderou o Q1 e o Q2. Hamilton deu o troco no Q3. Com o tempo de 1min25s232, o britânico superou seu companheiro de equipe e larga na primeira posição pela quarta vez nesta temporada. Vale lembrar que Hamilton nunca venceu em Montmelò.

O Q1 foi marcado pela batida de Pastor Maldonado. O piloto da Lotus perdeu o controle do carro e bateu de leve no muro, quebrando a suspensão dianteira direita. O venezuelano aumenta sua lista de problemas nesta temporada: ele já havia se envolvido em incidentes nos treinos livres para o GP da China e foi punido por bater na Sauber de Esteban Gutiérrez no GP do Bahrein.

Após alguns minutos de interrupção, o Q1 foi retomado sem grandes surpresas. Os carros da Mercedes dominaram, com Rosberg como único a andar abaixo de 1min27 (seu tempo foi de 1min26s764). Atrás de Hamilton, vieram os pilotos da Red Bull (Vettel e Ricciardo, respectivamente). Massa foi o quinto nesta parte do treino.

Alonso passou por apuros no Q2. Com o tempo de 1min27s602, o espanhol ficou na décima posição nesta parte do treino e por pouco não avançou para o Q3. Nico Hulkenberg, que ficou em 11º, foi apenas 83 milésimos mais lento do que o piloto da Ferrari e acabou eliminado.

O ‘inferno’ de Vettel deu as caras no Q3. Logo nos primeiros minutos da sessão, o piloto parou sua Red Bull do lado de fora da pista, com problemas, provocando uma bandeira vermelha. Após breve interrupção, os pilotos voltaram à pista e Hamilton ‘deu o bote’ em seu companheiro de equipe para fazer o melhor tempo e largar na pole.

Jean-Éric Vergne, da Toro Rosso, perdeu dez posições no grid da largada. O piloto francês foi punido após uma roda de seu carro se soltar durante os treinos livres realizados nesta sexta-feira.

 

 

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade